16 de outubro de 2017

Aprenda a esperar em Deus

Reinflama nosso interior, Senhor Jesus, e ensina-nos a esperar em Ti

Sabe aqueles momentos, na vida da gente, que parece estarmos com água até o pescoço? Sufocados, sobrecarregados, cansados? Parece que andamos quilômetros sem sair do lugar? Fazemos tanto, mas não vemos os frutos. Talvez você tenha sido criticado, julgado injustamente, caído na má língua do povo, olhado ao seu redor, e só conseguiu ver olhares de reprovação. Você já se sentiu assim algum dia? Ou será que está se sentindo assim agora?

Fazemos parte de uma geração que desaprendeu a esperar! Não sabemos esperar mais nada! Detestamos fila de banco, ponto de ônibus, remédio que demora a fazer efeito. Comemos qualquer coisa, desde que seja rápido, para não atrapalhar o nosso atarefado dia. Transformamo-nos em pessoas imediatistas. Tudo é para ontem. Tudo é urgente. Inclusive a solução dos nossos problemas. Temos de ter uma solução! E bem rapidinho.

Foto: Wesley Almeida / cancaonova.com

Queremos respostas para nossos dilemas, paz, segurança, saúde, dinheiro, felicidade em casa, filhos obedientes e educados entre outros… E bem rapidinho!

Da mesma forma, somos rápidos no relacionamento com Deus, com os outros e com nós mesmos. E numa sociedade na qual a informação é cada vez mais veloz e a tecnologia muda a cada segundo, o tempo para descansar tornou-se artigo de luxo. Diante das situações em que gostaríamos de intervir no tempo, seria bom nos recordarmos da atitude de Noé naqueles dias de dilúvio.

lh

A lição de Noé

"(…) E eis que pela tarde a pomba voltou, trazendo no bico uma folha verde de oliveira. Assim Noé compreendeu que as águas tinham baixado sobre a terra. Esperou ainda sete dias, e soltou a pomba que desta vez não mais voltou" (Gênesis 8,10-12).

Esse servo de Deus traz essa lição de vida para você e para mim: esperemos as "águas baixarem"! É tudo uma questão de escolha. Ele optou por esperar e, enquanto ficava ali dentro da arca, aguardando, Deus agia. Ele não via, mas Deus agia! Ele [Noé] esperava e Deus baixava, milímetro por milímetro, as águas que cercavam a arca.

Penso que, do jeito que somos afobados, se estivéssemos no lugar dele, talvez pulássemos da arca com um balde na mão, tentando baixar, na marra, o mar ameaçador. E o Senhor iria dar boas risadas de nossa insensatez de imediatistas!


Peçamos a Cristo uma nova mentalidade, um novo jeito de pensar e querer que as coisas se realizem. Deixemos o querer "para ontem"; passemos para o "esperar hoje em Deus". Queira isso! Deseje-o de todo o coração. E você verá o sinal de Deus como resposta à sua obediente espera.

Para Noé, o sinal foi uma pomba com um ramo no bico. E as águas finalmente baixaram. E para você? Qual será o sinal? Espere e verá!

Vamos rezar?

Reinflama nosso interior, Senhor Jesus, ensina-nos a esperar em Ti! Que as águas ameaçadoras que nos cercam baixem ao som de Tua voz! Faça com que sejamos Noés no meio dessa humanidade que não sabe mais esperar por nada nem por ninguém. Faça de nós um sinal de contradição aos olhos deste mundo tão imediatista e necessitado do exemplo de homens e mulheres que sabem esperar em Deus. Amém.

E que essas águas baixem!

Um forte abraço. Na intercessão por você.

Alexandre Oliveira
Missionário da Comunidade Canção Nova


Fonte: https://formacao.cancaonova.com/espiritualidade/vida-de-oracao/aprenda-a-esperar-em-deus/

Postar um comentário