3 de abril de 2012

Aprenda com um bom exemplo

Imagem de Destaque

Para o Senhor tudo; para o Salvador o melhor!
O breve e concreto relato da Paixão segundo São Marcos apresenta-nos, ao menos, três modos de nos colocarmos diante do Cristo Nosso Senhor. Dois modos inadequados, que deveremos evitar, apesar de tantas vezes neles cairmos; e um modo correto, a que somos continuamente chamados. Ei-los:

Primeiramente, o modo dos discípulos, tão vergonhoso: "Então todos O abandonaram e fugiram". Oh! meu irmão, que desde o início temos sido covardes, desde o princípio somos um mísero bando de infiéis! Quantas vezes, nos apertos da vida, também fugimos e abandonamos o Senhor: nos vícios, no comodismo, na busca de crendices e seitas, no fascínio por ideologias, ideias e filosofias opostas à nossa fé! Como é fácil fugir, como é fácil, ainda agora, abandoná-Lo! – Perdoa-nos, Senhor Jesus, porque ainda hoje somos assim, ainda somos como os primeiros discípulos: frágeis, inconstantes, covardes mesmo! Perdoa-nos pelo pouco amor, pela falta de compromisso!

Depois, o modo de Pedro, que "seguiu Jesus de longe". Atenção, caríssimos "Pedros" que leem estas palavras! Não se pode seguir o Senhor Jesus de longe! Quem O segue assim? Quem pensa poder ser discípulo pela metade; quem se ilude, pensando seguir o Senhor sem combater seus vícios e pecados; quem imagina poder servir a Deus e ao dinheiro, ao Senhor e aos costumes e modos e pensamentos do mundo! Como terminarão estes? Como terminou Pedro: negando conhecer Jesus! – Senhor, olha para nós, como olhaste para Pedro; dá-nos o arrependimento e o pranto pela covardia e frieza em Te seguir! Faze-nos verdadeiros discípulos Teus, que Te sigam de perto até a cruz, como o Discípulo Amado, ao lado de Tua Santíssima Mãe!

Finalmente, uma atitude bela e digna de um verdadeiro discípulo do Senhor: aquele gesto, da misteriosa mulher, que ungiu a cabeça do Senhor com nardo puro, caríssimo! Notou, irmão em Cristo, o detalhe de São Marcos? "Ela quebrou o vaso e derramou o perfume na cabeça de Jesus". Quebrou o vaso, isto é, derramou todo o perfume, sem reservas, sem pena, com amoroso estrago...

Para o Senhor, tudo; para o Salvador o melhor! E São João diz que "a casa inteira ficou cheia do perfume do bálsamo" (cf. Jo 12,3). Ó mulher feliz, discípula generosa! Dando tudo ao Senhor, perfumou toda a casa com o bom odor de um amor ser reservas! Quanta generosidade dessa mulher "politicamente incorreta"! Quanta hipocrisia, quanta mesquinhez dos apóstolos "politicamente corretos", que não compreenderam seu gesto de amor gratuito! – Senhor Jesus, faz-nos generosos para Contigo!

Que Te amemos como essa mulher: sem reservas, sem fazer contas! Ó Senhor, que nos amaste até o extremo, ensina-nos a Te amar assim também, colocando nossos perfumes, isto é, aquilo que temos de precioso, a Teus pés! Então, o mundo será melhor, porque o bom odor do amor haverá de se espalhar como testemunho da Tua presença!


Dom Henique Costa, Bispo Auxiliar de Aracaju
http://www.domhenrique.com/

Postar um comentário