17 de outubro de 2018

Quantas vezes você já contou até 10 no seu relacionamento familiar?

A importância de contar até 10 quando algo der errado no relacionamento familiar

No seu relacionamento familiar, você já deve ter contado até 10 muitas vezes! E há famílias que precisam aumentar essa contagem em algumas situações para permanecerem juntas.

Somos seres únicos, cada um foi criado em uma casa, com uma cultura, com pensamentos e julgamentos diferentes. Como fazer, então, para um relacionamento durar sem grandes sofrimentos?

É preciso que uma das partes comece a olhar o outro com muito mais amor e respeito. E depois de cada atrito, não deixe guardado por muito tempo o que o está sufocando.

Diálogo e paciência

Diálogo, respeito pelo tempo do outro e misericórdia são valores que terão que ser exercitados, diariamente, durante toda a vida de um casal.

Papa Francisco também nos ensina: "Mas ouvi este conselho: não acabeis o dia sem fazer as pazes. A paz faz-se de novo cada dia em família!".

Talvez, eu esteja falando com você, que já não está mais casado e, por causa dessas situações, não conseguiu vencer ou até mesmo seu cônjuge desistiu da família. Mas quem disse que tudo está perdido?

Passo a passo para contar até dez

Recebo muitas mensagens em minhas redes sociais de várias famílias que, com muita resiliência e esforço diário, conseguiram vencer os desafios do dia a dia e passaram a respeitar as diferenças na personalidade de cada membro da família.

Primeiro: a contagem até 10 será interior e é com você mesmo.

Segundo: reflita, olhe para dentro: o que o tira do sério? Quais suas atitudes têm atrapalhado sua família, seus filhos?


Testemunho

Vou dar um exemplo: desde o ventre materno, as minhas três filhas (Pâmella, 16 anos; Paôlla, 15 anos; Polliana, 9 anos) vão à Missa comigo, pois meu marido Filipe e eu assumimos o carisma Canção Nova, e para nós a Missa é diária. Quando eram pequenas, nós as levávamos todos os dias, mas elas foram crescendo, e o combinado é que sempre que puderem vão conosco. Mas o domingo, em casa, é sagrado. Não "negociamos" Missa! Todos vão.

Monsenhor Jonas Abib sempre ensina aos casais, na Canção Nova, que os filhos, quando chegam à adolescência, jogam para cima todos os valores que os pais passam durante a infância. Como cubos, os valores serão jogados para cima, mas, na hora de remontar suas escolhas, eles terão quais cubos para usar? Os cubos dos valores que receberam dos pais. Ele ainda diz para os pais não se preocuparem, pois seus filhos nunca esquecerão o que viram e aprenderam dentro de casa quando criança.

Ele tem razão! E vamos contar até mil se for preciso para salvar os nossos relacionamentos familiares!

Eu tenho certeza que nossa família será a nossa melhor escolha!


Paula Guimarães

Paula Guimarães é missionária da Comunidade Canção Nova, administradora, jornalista, apresentadora da TV Canção Nova e mestre em Comunicação
e Semiótica pela PUC-SP. Ela é autora dos livros "Como ser feliz em família – 15 passos para encontrar felicidade em seu lar", "Esperança, cadê você? O que fazer para não entrar em desespero" e "TV Canção Nova – A vida por trás das câmeras" pela Editora Canção Nova.


Fonte: https://formacao.cancaonova.com/atualidade/comportamento/quantas-vezes-voce-ja-contou-ate-dez-no-seu-relacionamento-familiar/

Postar um comentário